Brilho

Teu olhar
É a arma
Que me desarma
É o fogo

Que me congela
É o ar

Que me sufoca
É o chão

Que me faz flutuar
É a luz que me cega
Num segundo chega

Me intorpece
Desvia
Desaparece
Me abandona
Me esquece

Nenhum comentário: