E se tivéssemos certeza de tudo? Que graça teria a vida? Que desafios e aprendizados iríamos ter, se soubessemos o que irá acontecer daqui a 5 minutos?... Mas quantos momentos queremos controlar, quantas pessoas queremos decifrar... até o tempo queremos que nos pertença, sem ao menos sabermos onde e como usá-lo!

Deixe tudo livre e as coisas começaram a ter sentido, sinta a presença das coisas quando elas aparecerem, comprrenda, aproveite e deixe que se vão quando quiserem, chore de saudades de algo que está distante ou alguém que se foi, mas nunca chore por não ter deixado ir, por não permitir que se vá... pois um dia a volta pode ser mais gratificante do que uma eterna presença vazia, fria e triste!

Não tem graça controlar, pois até seus próprios pensamentos vão te trair, você cairá na sua pró´ria armadilha!

Sendo

O vento no meu ouvido baixinho, é combustível pros meus pensamentos, uma longa viagem, árvores verdes e pássaros de dia, sombras, estrelas e a lua a noite. Música e lua, combinação quase perfeita. Na noite sou eu, de dia só pra profissão, trabalho é a solução para enganar o tempo, já que não tenho filhos.Poderia ficar só por um bom tempo pra organizar os pensamentos, relaxar... e voltar inteira, mas ficar pela metade depois de uma boa madrugada de sábado!

Andar descalça pelo chão, dançar sozinha em frente ao espelho, escovar os cabelos, me sentir perfeita, exite alguem mais bela que eu? As vezes todos são,rsrs! Meu lugar sou eu, posso estar aqui ou ali e nada mudar ao meu redor, as vezes dentro de mim, mais um dia pode ser suficiente pra esquecer e reinventar o novo. Oi tudo bem? Unhum, pode ficar... Ser virginiana não é fácil, mas adoro isso, só os detalhes que aprendi a esquecê-los, se eles os querem ser esquecidos, largo-os, já perdi muito tempo tentando gurda-los a mim. O mundo não tem fronteiras e a vida tem pressa, então novos momentos podem produzir detalhes melhores que os de ontem.

Peço todos os dias proteção de Deus e sei que essa vida faz sentido, há propósito para cada pessoa que conheço, para cada gesto, um adeus nunca é pra sempre um oi sim.

Se me apaixono volto a escrever, mas meus relacionamento são sempre superficiais e acabam logo, amores platônicos acabam comigo e um sempre me faz esquecer o outro. Tenho certeza do por que, só não descobri ainda pra que? Ou pra onde? E com quem? Um dia decifro, melhor que demore pra q seja o que realmente tem que ser.

Sinto muita saudade e muita preguiça. Minha cama é testemunha de que meus sonhos voam com a velocidade da luz, penso,penso,penso. E o vento, me lembra a praia e a saudade, e os amigos que tenho espalhado pelos cantos, as historias, as familias que eu atendi, a internet e os amigos virtuais. E o vento, a lua, as estrelas sempre a me acompanhar. As letras, enganam a solidão, quando estou dentro de mim. A música quando estou fora.

Entrega


O sol não quer se entregar
Não permite deixar o dia acabar
E a noite na madrugada estrelar

O céu avermelha-se
Ele sangra
Não vai se entregar

Devagar a escuridão o esmaga
O sufoca
Acaba sua saga
A noite o cala
O dia acaba

O amor romântico

O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o príncipio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida.

Fernando Pessoa

Poesia de mim

Na poesia
Liberto toda minha fantasia
Viajo, crio
Dou vida aos meus inventos
Liberto todos sentimentos
Raiva, rancor

Dor, amor
Alegria, frstração
Medo, solidão
Euforia, excitação
Sonho, ilusão
Em histórias
Escritos
Memorias
Tudo é mais um ponto em mim
Ou um conto sem fim
Poesia de mim

Amaramizar

Amar a amizade
Ser amigo do amor

Amizade e amor
Amizade é amor?
Ser amigo do amado

Amar o amigo
Amar em desejos

Desejar a amizade
Amor sem amizade, é amor?

Amizade sem amor, é amizade?
Amizade, (sexo), amor
Sexa na amizade: amor

Amor sem sexo: amizade
Sexo sem amizade: favor

Brilho

Teu olhar
É a arma
Que me desarma
É o fogo

Que me congela
É o ar

Que me sufoca
É o chão

Que me faz flutuar
É a luz que me cega
Num segundo chega

Me intorpece
Desvia
Desaparece
Me abandona
Me esquece